• Lattualita

    GERAL

    Secretária municipal de Saúde de São Marcos deixa cargo nesta segunda-feira (23)

    Informação foi confirmada por Maristela Lunedo na tarde desta segunda-feira (23). Motivo, segundo ela, é técnico: ‘achei melhor, pela minha experiência como enfermeira, auxiliar no atendimento neste momento’

    6 dias atrás

Durante a tarde desta segunda-feira (23), a enfermeira Maristela Lunedo confirmou a informação extraoficial que estava circulando via Whatsapp durante o dia em São Marcos. Ela deixou o cargo de secretária municipal de Saúde para, conforme explicou ao L’Attualità, assumir o atendimento como enfermeira no setor da Vigilância Epidemiológica de São Marcos. “Devido a esse surto, por eu ter experiência na época do H1N1 e da época do surto de toxoplasmose que eu também atuei, achamos melhor nesse momento eu atuar no centro de operações de emergência que estamos montando. Acredito que vá ser melhor para a população eu neste momento atuar com a parte técnica”, justificou Maristela. Em seu lugar, assume como nova secretária municipal de Saúde de São Marcos Cristiane Castilhos, até então diretora municipal de Saúde. Cristiane é funcionária pública concursada, formada em contabilidade, mas atua há mais de 27 anos na área da saúde do município. “Ela tem uma vasta experiência na Secretaria de Saúde, passou por vários setores e agora, por último, estava como minha diretora”, destaca Maristela Lunedo.

Questionada pelo L’Attualità se sua decisão de deixar o cargo de secretária municipal de Saúde foi influenciada pelo prazo eleitoral de 4 de abril, pelo qual, para concorrer a qualquer cargo eletivo nas Eleições de 2020, é preciso deixar o cargo, seja Cargo de Confiança ou Função Gratificada, até esta data, Maristela reforçou que a sua decisão foi tomada por “motivo técnico”, mas admitiu que está avaliando a possibilidade de concorrer à vereadora. “Isso estou pensando ainda, não tenho nada definido. Independente de eu concorrer ou não concorrer, a minha decisão foi de sair agora porque serei mais útil na questão técnica, pela minha formação, já que estão recrutando médicos, recrutando enfermeiros e tem muita falta desses profissionais, acho que nesse momento a questão técnica faz a diferença”, revelou. Conforme Maristela Lunedo, ainda não houve solicitação interna do MDB (partido do prefeito Evandro Kuwer) neste sentido. “Não houve nenhum pedido, o partido sempre me deixou bem livre, se eu decidir concorrer será uma escolha minha”, afirmou.