• Lattualita

    GERAL

    São Marcos: obra de macrodrenagem em trecho do Arroio Gravatá deve ser finalizada esta semana

    Macrodrenagem na região das empresas Bepo e Bontempo busca solucionar problemas de alagamentos no bairro Industrial. Após colocação de aduelas, prefeitura iniciará repavimentação no trecho

    2 semanas atrás

    Obra de macrodrenagem foi retomada no dia 25 de abril e está em fase final (foto: assessoria de imprensa prefeitura de São Marcos)

Uma obra bastante aguardada em São Marcos está em fase de finalização. Há anos as empresas Bepo e Bontempo, no bairro Industrial, sofrem com alagamentos do Arroio Gravatá em períodos de muita chuva. Neste ano, a prefeitura, através de parceria com as duas empresas, iniciou uma obra de macrodrenagem neste trecho do arroio. Os trabalhos consistem na instalação de novas tubulações para escoamento do excedente de água, desviando do curso principal. “O objetivo era solucionar os alagamentos na região, com uma nova canalização pelo lado, que desvia uma parte do Arroio que passa por baixo da Bepo, ligando na parte da frente. Assim não enforca ali na Bepo”, explica o secretário municipal de Obras, Alfredo Brochetto.

A instalação das aduelas é feita pela empresa terceirizada Casara Terraplenagem. Esta etapa deve ser finalizada ainda nesta semana. “A obra está 95% pronta. Ontem fizeram um piso para encaixar na Bontempo e agora temos que esperar secar para começar colocar o resto das aduelas. Até amanhã termina essa parte”, relata Alfredo. Após a conclusão desta etapa, a prefeitura será a responsável pela repavimentação do trecho, que deve iniciar apenas no mês de junho. “Depois começa a pavimentação, mas como é uma abertura grande não dá para repor logo, porque tem que esperar assentar, chover um pouco. Acredito que dentro de 30 dias vamos começar a repor o calçamento”, detalha. A pavimentação corresponde a trecho de cerca de 1 km, nas ruas João Michelon e João Flávio Rech.

A obra é resultado de parceria público-privada entre prefeitura, Bepo e Bontempo. O investimento total feito pelo município é de cerca de R$ 480 mil, correspondentes à aquisição das aduelas e à repavimentação. Já as empresas ficaram responsáveis pela contratação de empreiteiras para abertura de valas, preparação e assentamento da tubulação.

‘Era uma obra esperada há anos’

Os trabalhos no local haviam ficado suspensos após o decreto municipal de distanciamento social, e foram retomados no último dia 25 de abril. O secretário municipal de Obras ressalta que esta era uma obra necessária para São Marcos e, agora, deve solucionar um grande problema na região industrial. “Era uma obra esperada há anos, estava tentando se achar uma solução, porque é bem complicada, exigiu bastante. Mas está ficando pronta, vai ser entregue e vai trazer muitos benefícios para essa região da Bepo e Bontempo. É uma obra que tenho absoluta certeza que vai resolver o problema de alagamento ali”, avalia Alfredo.