• Lattualita

    COMERCIAL

    EMPRESAS

    Pega Leve oferece lanches saudáveis em São Marcos

    São-marquense Jenifer Hermann vende doces e salgados sem glúten, sem lactose e sem açúcar refinado, atendendo a encomendas via redes sociais

    1 ano atrás

    A loja Pega Leve participou da 2ª Semana do Empreendedor de São Marcos, entre os últimos dias 6 e 11 de maio

Com a proposta de unir saúde, praticidade e qualidade de vida, a são-marquense Jenifer Dutra Hermann, 27 anos, iniciou em 2017 a venda de doces e salgados, preparados por ela com ingredientes sem glúten, sem lactose e sem açúcar refinado. “São doces e salgados sem glúten e sem lactose, com ingredientes naturais e sem conservantes. Os salgados são todos congelados. Tenho mais de 10 variedades de salgados, como, por exemplo, pastinha de grão de bico, coxinha de batata doce com recheio de frango, risoles de batata doce, croquete de batata doce. Na parte dos doces tenho bolos de batata doce, de cacau com farinha de amêndoas, entre outros. Não uso nada de açúcar refinado nesses bolos, é tudo açúcar orgânico. As farinhas também são especiais, uso farinha de amêndoa, de coco”, detalha Jenifer. Conforme explica, ela trabalha no Posto Miotto no turno da manhã e dedica-se à produção dos seus quitutes durante a tarde. A loja online “Pega Leve”, registrada como Micro Empreendedor Individual (MEI), atende encomendas pelo direct do Instagram (@soupegaleve), página no Facebook e via Whatsapp (54) 991 728 713. “Como ainda não tenho uma loja física, eu posto os cardápios no meu Instagram, na minha lista de transmissão, onde já tenho mais de 60 mulheres. Aí elas fazem as encomendas e retiram no dia seguinte, no local de entrega que combinamos”, conta Jenifer.

Além de atender uma demanda de pessoas com intolerância à lactose ou celíacas (com reação exagerada ao glúten), Jenifer destaca que os seus produtos também são destinados a frequentadores de academia e ao público em geral que busca uma alimentação saudável. “A grande maioria dos lanches também é voltada para frequentadores de academia, porque muitos são feitos com batata doce. São lanches mais nutritivos. O glúten gera muita inflamação para o corpo, pela questão do trigo, por isso não uso nada de farinha branca. E já a lactose, usando um exemplo do meu médico homeopata, ‘como é que você vai consumir um leite de caixinha que pode durar até 6 meses ou um ano numa prateleira?’ Tem muito conservante. Então são cuidados que devem se tomar”, observa Jenifer.

São-marquense decidiu iniciar negócio após acidente de trabalho

Natural de Três Passos (RS) e morando em São Marcos há 10 anos, Jenifer Hermann revela que, antes de iniciar o próprio negócio, passou por uma reeducação alimentar. “Há uns 7 anos eu me machuquei no meu trabalho, rompi o ligamento do tornozelo e comecei a ir na academia para me recuperar. E aí eu percebi que o treino não surtia efeito se eu não cuidasse da minha alimentação. Então eu comecei a buscar uma alimentação mais saudável e, frequentando o médico homeopata em Caxias do Sul, ouvi ele comentar muito sobre as farinhas sem glúten e sem lactose. Foi aí que eu comecei a mudar toda a minha alimentação, fazendo esses doces e salgados. Minhas amigas começaram a pedir para eu fazer pra elas e desde aí eu não parei mais de fazer e comecei a vender”, recorda Jenifer, detalhando que, além de pesquisar sobre alimentação saudável, também fez cursos com nutricionistas.