• Lattualita

    COLUNISTAS

    Geraldo Sandri - geraldosandri65@hotmail.com

    Julho é mês de celebrar os agricultores gaúchos

    Leia artigo do colunista Geraldo Sandri, presidente da Emater/RS

    2 semanas atrás

    Geraldo Sandri: 'agricultores são verdadeiros heróis, porque levam o alimento até a mesa do povo gaúcho' (foto: apenas ilustrativa)

Estamos em um mês muito especial para a agricultura gaúcha, principalmente a familiar, em que se celebra o dia daqueles que são os responsáveis pela nossa sobrevivência por meio da produção (e transporte) do alimento que consumimos e que são a razão de existir da nossa Instituição. Celebrado nesta sexta-feira e sábado (24 e 25/07), os dias Nacional e Internacional da Agricultura Familiar, respectivamente, do Colono e do Motorista (25/07) e do Agricultor, na próxima terça-feira (28/07), queremos registrar este momento prestando uma grande homenagem a todas as famílias de produtores do Rio Grande do Sul. Sem esquecer também, é claro, que há poucos dias comemoramos o Dia Estadual da Juventude Rural (15/07).

Todos esses agricultores são verdadeiros heróis, porque levam o alimento até a mesa do povo gaúcho, contribuindo assim de forma expressiva com a economia do Estado, pois mais de 40% do PIB do Rio Grande do Sul vem do campo, da agropecuária. Então, em nome dos dois mil extensionistas que atuam nesse Estado, a Emater/RS-Ascar quer reconhecer cada um desses produtores rurais, em especial neste ano cheio e eventos (estiagem, pandemia, ciclone, enchente) que comprometeram a renda e a produção das famílias de agricultores, prejudicando muito todo o setor.

E para comemorar de fato, nada melhor que um grande presente, pela passagem dessas datas neste mês, a todos os agricultores e extensionistas rurais gaúchos: a conquista da manutenção dos serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters). Na quinta-feira passada (16/07), o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Covatti Filho, anunciou a mudança do regime jurídico de contratação da Emater/RS-Ascar.

Dessa forma, é possível continuar a relação estreita entre as entidades, gerando segurança aos empregados e, consequentemente, aos agricultores, que terão garantidos os serviços prestados com qualidade e de forma gratuita há mais de 65 anos. Esse é o resultado de uma aproximação fundamental com a Seapdr na construção desta solução, que traz segurança jurídica e orçamentária para a Emater/RS-Ascar. E tantas outras mudanças também já estão sendo implantadas para o fortalecimento e a sustentabilidade da Aters no RS.

Neste dia, queremos reconhecer, parabenizar e, principalmente, agradecer ao trabalho que os agricultores fazem e dizer que podem sempre contar com os serviços de Aters da nossa Instituição que, com 65 anos de atuação, já é um patrimônio dos gaúchos, prestando serviço gratuito e de qualidade a cada uma das famílias de produtores rurais gaúchos.

Nosso muito obrigado e parabéns!